quarta-feira, 25 de outubro de 2017

As novidades da odontologia, você está por dentro?

É um fato que o mundo muda a cada segundo, assim como os hábitos, alimentação, e principalmente as necessidades. Por estes motivos, os "brinquedinhos" tão adorados pelos dentistas foram protagonistas do nosso blog  com algumas novidades que estão disponíveis e outras que serão parte do dia a dia dos dentistas no futuro próximo. 



Moldagem Digital:
Uma realidade. Já bastante disponível nas grandes cidades brasileiras e sendo aperfeiçoada frequentemente. Com novas marcas surgindo e novos modelos mais eficientes no mercado, acredito que nos próximos 10 anos ou menos a moldagem convencional pode praticamente desaparecer.
Vantagens: Conforto aumentado do paciente, possibilidade de impressão do modelo em impressora 3D, envio de forma digital ao técnico em prótese dentária (email), economia de tempo e fases protéticas, possibilidade do dentista escolher mais de uma marca.
Desvantagens: Ainda com o custo um pouco elevado, saída do dentista de sua zona de conforto, curva de aprendizado. Sua cidade precisa ter um laboratório de prótese que acompanhe as mudanças tecnológicas para receber o arquivo digital e usar nas fresadoras.
Laser de alta potência para remoção de cáries:
Já é possível encontrar em alguns pouquíssimos consultórios, mas apesar da insistência da mídia leiga em “pintar” o Laser como uma substituição ao “motorzinho” do dentista, ainda não podemos considerá-lo um tratamento corriqueiro. Muito diferente do Laser de Baixa Potência que é facilmente encontrado em muitas clínicas e consultórios e tem seu uso comprovado há décadas em várias funções. Se o custo do aparelho não diminuir, vai ser difícil ele se tornar um equipamento muito usado na Odontologia.
Vantagens: substituir o tão temido motor de alta rotação, diminuir as recidivas de cárie, acredita-se ser mais indolor que o motor convencional, o que evitaria anestesias em alguns casos.
Desvantagens: custo muito alto, controle e percepção do profissional sobre o quanto de tecido está sendo destruído pelos fótons, falta de uma quantidade aceitável de estudos científicos sobre sua utilização, maior tempo para remover as cáries do que o método convencional.
Radiografia Digital:
Realidade cada vez mais presente. Os sensores estão se mostrando muito eficientes, eliminando procedimentos de revelação, repetição de tomadas radiográficas e com uma diminuição do tempo de exposição dos pacientes a radiação. Nos centros radiológicos já é quase unânime em grandes cidades. Nos consultórios ainda tem uma fatia de mercado para conquistar, mas tende a tornar as radiografias comuns obsoletas.
Vantagens: simples, fácil de usar, para uso de algumas marcas basta ter o software e plugar o sensor na entrada USB de qualquer computador. Pode ser usado com posicionadores, economia de espaço, mais organização na hora de guardar a documentação dos pacientes. Eliminação das câmaras de revelação e materiais reveladores e fixadores que contaminam o meio ambiente e não devem ser despejados no esgoto comum. Os preços vêm caindo e algumas promoções estão valendo muito à pena.
Desvantagens: O sensor é rígido, podendo ser meio incômodo para alguns pacientes, necessidade de backup de seus arquivos para acabar não perdendo os dados de seus pacientes em caso de pane ou troca de computadores.
Resinas Bulk Fill:
Se você é cirurgião-dentista e ainda não ouviu falar de Resina Bulk Fill, você está definitivamente por fora. Sabemos que as resinas compostas estão em constante e ligeira evolução desde os anos 60 e hoje a dentística resolve uma infinidade de casos restauradores com suas técnicas adesivas. Para usarmos as resinas compostas comuns ou as no estilo “flow” precisamos usar técnicas de inserção com camadas de até 2mm para fotopolimerização correta e nos preocuparmos menos com a rápida contração de polimerização. As Resinas Bulk Fill se propõem a preencher de uma vez só cavidades de até 4mm de profundidade. Algumas marcas falam em até 5 mm. São materiais que estão na vanguarda da Odontologia Adesiva e estão surpreendendo em estudos clínicos e laboratoriais.
Vantagens: diminuição do tempo de trabalho, preço acessível, várias marcas apostando neste material no mercado, pode ser usado tanto como forramento como para preenchimento total da cavidade dependendo do tipo.

Desvantagens: necessita de curva de aprendizado profissional. Alta translucidez para possibilitar a passagem da luz, o que pode comprometer o resultado estético final esperado. Precisa de cuidados em cavidades classe II para o não escoamento de material para regiões interdentais e a necessidade de fotopolimerizadores bem fortes, com 800 ou até 1000 W/m2 para uma segurança na polimerização.
Evince: Evidenciador por fluorescência óptica
evince prod
A fluorescência óptica tem sido empregada na Odontologia por apresentar elevada sensibilidade, simplicidade, sendo rápida e precisa na obtenção de dados. Evince é o novo sistema de imagem por fluorescência óptica da MMO. Simples de utilizar, rápido, seguro e atua como novo guia de diagnósticos bucal por imagem. EVINCE - evidenciador clínico não é invasivo e consiste em um conjunto óptico com fonte de luz LED ultravioleta. Muito seletivo, reconhece lesões e contaminações bucais via fluorescência óptica em tempo real. Com Evince sua avaliação e diagnóstico tornam-se extremamente rápidas e precisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário